SEJA BEM-VINDO!!!!

SEJA BEM-VINDO!!!!
Este é um espaço dedicado à estudantes e profissionais de serviço social e também àqueles que tem interesse pelos assuntos sociais do nosso país, que acreditam e contribuem para a efetivação dos direitos de todos os cidadãos!

Seguidores

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Internet estará acessível a 2 bilhões de pessoas até o fim do ano



De acordo com o levantamento da UIT, 71% dos habitantes dos países industrializados têm acesso à rede mundial de computadores, enquanto nos países em desenvolvimento esse acesso está disponível para apenas 21,5% das pessoas. Nos países ricos, 65% dos usuários acessam a rede da própria residência, percentual que cai para 13,5% nos países em desenvolvimento.

As diferenças mais significativas surgem quando a comparação se dá entre países europeus e africanos. Entre os europeus, 65% têm acesso à internet. Nos africanos, apenas 9,6% se conectam à rede mundial de computadores.
A UIT também constatou o crescimento do número de assinaturas do serviço de banda larga, especialmente nos países desenvolvidos e entre os principais emergentes. E prevê que, até o fim do ano, a banda larga estará disponível para 8% dos usuários em todo mundo. Mas, nos países mais pobres, a internet de alta velocidade está fora do alcance da maior parte da população.

Em compensação, 90% da população mundial têm acesso à telefonia móvel. A estimativa é que, até dezembro, dos 5,3 bilhões de assinantes do serviço de  telefonia celular, 3,8 bilhões vivam em países em desenvolvimento, que estão se tornando o principal mercado das operadoras globais. O crescimento médio anual das regiões desenvolvidas é de apenas 1,6%. Nesses países o mercado móvel está prestes a atingir a saturação, registrando média de 116 assinaturas para cada cem habitantes.

39,5 milhões usam a internet no Brasil
A internet, no Brasil, é acessada diariamente por 39,5 milhões de pessoas. E uma em cada dez são das classes C e D, ou seja, ganham até dez salários mínimos por mês (R$ 5,1 mil). Os dados fazem parte de uma pesquisa do instituto Data Popular , na capital paulista.
Segundo o instituto, especializado em levantamentos sobre hábitos de consumo das classes média e baixa, esses brasileiros já correspondem a 73% dos usuários de redes sociais na internet. Além disso, eles são maioria entre os que têm blogs e sites pessoais: 66%.
O Data Popular entrevistou 5 mil pessoas entre julho e setembro, nas regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Recife, Fortaleza, Goiânia, Belém, Manaus, do Rio de Janeiro e no Distrito Federal.

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário